Metatron

Anjo Metatron...

 

Metatron (do hebraico מטטרון) é um anjo serafim, na tradição judaica e cristianismo místico. Em algumas tradições cristãs é tido como "O Anjo Supremo", Porta-voz Divino, mediador de Deus com a humanidade. Na tradição islâmica, ele também é conhecido como Mīṭaṭrūsh (árabe: ميططروش), o anjo do véu.

 

Sua origem não é tão certa, alguns dizem que o Arcanjo surgiu no século I. Um judeu chamado Elisha ben Abuyah teria recebido a permissão divina para entrar no céu, e lá se deparou com Metatron sentado (ação esta que era permitida apenas a Deus).

 

Visto como um poderoso ser de luz, o Arcanjo Metatron aparece como um enorme ser de cor branca e brilhante. O Anjo Supremo da Morte e da Vida é visto como o mestre das crianças mortas prematuramente.

Metatron é considerado o coordenador do trabalho de todos os Anjos e Arcanjos.

 

Ele não se coloca a serviço dos pedidos, mas sim interfere nas ações dos Anjos em intercessão aos seres humanos. Não é aconselhado pedir nada a Metatron, este é um Arcanjo que deve apenas se agradecer.

Após se deparar com a cena, Elisha questionou e exclamou sobre a existência de dois poderes supremos no céu, julgando naquele momento a possibilidade de Metatron também ser um Deus. Diante disto o Anjo recebeu 60 golpes de bastão de fogo, para provar que não era um Deus.

 

Outros dizem que Metatron foi concebido de Enoque, pai de Matusalém. Este foi um importante personagem bíblico. De acordo com cabalistas, Enoque teria sido instituído o Anjo mais próximo de Deus.

O Cubo de Metatron é um dos componentes da Flor da Vida.

 

Composto por treze círculos, que se ligam um ao outro por uma única linha reta, formando um total de 78 linhas.

Derivado diretamente na Fruta da Vida, o Cubo de Metatron é uma figura sólida.

Sendo um glifo sagrado, o Cubo de Metatron tem um forte significado e é utilizado por algumas pessoas como forma de proteção. O objeto simboliza a proteção contra poderes de demônios e espíritos trevosos.

 

Presente também em técnicas de meditação, o cubo proporciona qualidade de vida e auxilia no equilíbrio das emoções e dos pensamentos. O objeto é visto por muitos como uma acelerador quântico para a elevação de corpo e alma.

 

Na geometria, existem algumas formas que são conhecidas como sólidos platônicos. Essas formas têm grande destaque na geometria sagrada, pois aparecem a composição de muitas coisas na natureza, desde a composição de uma folha até o nosso DNA. 

Essas formas são:

 

Tetraedro (pirâmides);

Hexaedro (cubo);

Icosaedro (20 faces);

Dodecaedro (12 pentágonos)

Todas essas formas se encaixam perfeitamente em uma esfera, e muitas delas podem ser encontradas na arquitetura de prédios sagrados.

 

Existem vários símbolos sagrados, desde a trindade, que é geometricamente simples (três círculos), até o cubo de Metatron, que é um pouco mais complicado.

Ele é formado por 13 círculos. Esses círculos são ligados através de seus raios, ou centros, totalizando 78 linhas. E é nas ligações entre os círculos, que podemos encontrar cada um dos sólidos platônicos.

Quando falamos sobre geometria sagrada, também citamos como as formas simbólicas se encontram com a cosmologia. Pois o cosmos está ligado a perfeição do divino, que muitas vezes nos revela de modo simbólico.

 

Símbolo do cubo de Metatron

Quando analisamos o cubo de Metatron, inicialmente percebemos que ele é composto, na sua maioria, por círculos e linhas.

Na simbologia sagrada, linhas curvas representam o lado feminino, e linhas retas o lado masculino, trazendo para esse símbolo um significado também de equilíbrio.

O cubo faz parte de um conjunto de símbolos sagrados que representam a vida desde sua criação, e por conter grande parte desses símbolos em sua composição, ele é considerado o mais poderoso.

O primeiro símbolo que podemos ver é o da Santíssima Trindade, que é a junção de três círculos. Depois dela temos o Torus, que, de acordo com os estudos, é a forma geométrica da vida.

Dentro do cubo podemos encontrar também o símbolo do ovo da vida, que representa a estrutura da criação do homem. Inclusive é uma das primeiras formas que as células tomam no seu desenvolvimento.

O próximo símbolo que pode ser encontrado é o da árvore da vida. E a sua presença dentro do cubo colaborou com as teorias de que Metatron foi o guardião dela.

A árvore da vida, contém o que conhecemos como Chakras, e é através de seu trabalho que conseguimos iluminação e equilíbrio em nossas vidas.

Em consequência da junção de tantos símbolos sagrados, o cubo de metatron é muito usado em meditações. As pessoas o usam como um símbolo de cura, proteção, e o mais importante, como um acelerador para a evolução espiritual. 

Usando o cubo de Metatron

A imagem tem poder. Aliás,mesmo que seja uma impressão simples ou um desenho, seus padrões remetem a boa vibração, e muitas vezes traz benefícios para sua vida como:

meditações;

harmonização do ambiente;

descarrego;

sono reparador.

Fazendo uma intensa prece ao arcanjo Metatron, você pode ajustar essa vibração contida no cubo, e emanar energias muito positivas para você, sua casa e sua família.

Confira a prece que pode ser feita junto a imagem do cubo de Metatron

“Clamo a ti ó arcanjo Metatron, e do poderoso cubo.

Para que ative todas as células de meu corpo

Para que ative todas as moléculas de meu corpo

Para que meus órgão, tecidos, ossos e sangue sejam acordados diante de seu poder

Ative também minha memória estelar e vibre em cada parte do meu ser”

Concentre-se agora e imagine o cubo de Metatron sobre sua cabeça. Pense na luz do cubo se conectando com os chakras do seu corpo. Contudo faça uma meditação em silêncio, e no fim beba um copo de água fresca.

A cosmologia e os astros 

O cubo de Metatron pode ser visto como um artefato cósmico. Pois a geometria sagrada está presente no entendimento que o universo é matematicamente perfeito.

E os padrões que determinam a perfeição é baseada em regras, tanto matemáticas quanto celestiais

Escribir comentario

Comentarios: 0