Sugadores de energia

Por sermos um complexo de energias interagindo em várias dimensões no tempo e no espaço podemos ocasionar assimilação ou perda de energia.

 

O suga energia é um ato de sugar a energia de pessoas, animais, plantas e etc, vários são os motivos que nos levam a ser coparticipantes neste processo tanto de assimilação como de perdas, ex: carências afetivas sexuais, financeiras, intelectuais etc.

 

Cada um de nós temos a necessidade de uma determinada carga energética vital para que nossos corpos físico e espiritual permaneçam nos nutridos.

 

Os sugadores de energia por deixarem de produzir sua própria energia passam a alimentar-se do emocional psíquico de outras pessoas e drena toda energia possível e de várias maneiras.

 

A medida que se gasta energia vital deve se fazer reposição através de processos naturais do tipo alimentação, fluidos vitais e Cósmicos Universal, dos chacras, passeios na natureza.

 

Os encostos se utilizam do sugadores de energias e criam situações de conflitos quando abrimos nossa aura para um vampiro energético podemos estar recebendo em troca miasmas, larvas astrais e a companhia de obsessores com isso todos os projetos, ideias, negócios, relacionamentos, saúde passam a ter problemas sérios.

 

A reposição da energia mínima necessária vai depender de alguns fatores estilo de vida, qualidade dos pensamentos sentimentos e sensações, alimentação, companhias, tempo dedicado a si próprio, espiritualidade pessoal etc.

 

Na prática todos nós somos alimentados de acordo como essa referência:

 

10% de comida física, 20% pela respiração e cerca de 70% que a maior parte que nós fornece vida vem através do fluido Cósmico Universal que é exatamente aquilo que nós não enxergamos não vemos em nosso mundo físico.

 

As entidades que sugam energia ou sugadores de energia ou vampiros são aqueles que não conseguem absorver lá naturalmente por isso necessitam de outros complexos de energia.

 

Pessoas físicas e psicologicamente sadias e equilibradas nutrem-se, diretamente, nas fontes naturais de energia. Mas as pessoas desequilibradas, que por terem perdido o contato com sua própria natureza e essencia interna mais profunda, perderam também a capacidade de absorver e processar o alimento energético natural, precisam para sobreviver, por em prática uma hábito ou vício: sugar a energia vital de outras pessoas o que as torna infelizmente SUGA SUGAS DE ENERGIA ALHEIA.

 

Algumas características de um tipo assim, são variadas e muitas mais a principal é o egocentrismo.

 

Quanto mais a pessoa estiver voltada a si mesma, concentrada em si mesma, mas ela terá dificuldade para estabelecer contato com fontes naturais de nutrição energética e maior será a tendência para sugar energia vital dos outros.

 

O egocentrismo é o resultado de um processo que pode ter início na infância, pós – trauma de perdas ou até oriundo de outras vidas. Não devemos deixar de lado também o meio em que convive, alguns comportamentos que foram condicionados “viciam” e a pessoa se tornar um necessitado energético

 

Devido o laço afetivo que um sugador de energia tem com uma determinada vitima isso pode tornar dificil a identificação já que este se torna um caminho mais rápido de se transformar em um suga suga de energia, pois através da afetividade doamos mais energia com maior constância para alguém em déficit e assim o outro se vicia em nossa energia.

 

Em verdade os sugadores só existem, quando existem os que se dispõem a serem sugados.

 

Quando entramos em contato com um sugador de energia, este não terá energia para trocar ele absorverá somente a energia do outro e, devido a debilidade dele, metaboliza e consome toda energia absorvida e não fica nada para retornar a outra pessoa, toda energia que o sugador absorver será metabolizada e consumida pelos seus organismos físico e espiritual, ou seja, irá absorver muito mais do que emitir, causando assim um déficit energético na outra pessoa.

 

Os sugadores de energia não possuem capacidade de lidar com seus próprios problemas e ver nas pessoas caridosas e empatas a solução que tanto precisa. Eles envolvem as suas vítimas com diversas formas de contratos, quando a pessoa percebe já está fazendo tudo para eles e no final do dia sua energia está totalmente drenada e gasta. Com certo tempo de convívio com os vampiros energéticos você se torna uma pessoa estressada, esgotada, deprimida, ansiosa, irritada e desmotivada. Por isso existe a necessidade de observação em todo tido de relacionamento.

 

ConEQ Reconhecendo & Equilibrando

 

Sugador vitima

 

Sugador de energia vítima, põe a culpa em todos, tudo e no mundo pelos seus problemas, se comportam como vitimas, manipulam as pessoas através do choro, auto estima é extremamente baixa, quando recebem carinho, encorajamento, agradecimento e aprovação, drenam desta forma a energia da vitima.

 

Evite a energia do Vampiro Vítima

 

Se entrar em contato com um vamps assim, não se envolva em seus sentimentos de auto piedade, faça em boas palavras, ouvido de mercado entra por um e sai pelo outro, não dê nenhuma importância para nada do que ele falar, invente uma desculpa e vá embora.

 

Energia Narcisista

 

Os Vamps narcisistas não têm empatia ou interesse nenhum em relação a outras pessoas. Os narcisistas só pensam neles acima de tudo, o restante fica em segundo ou terceiro plano. Eles fazem com que você os coloquem sempre em primeiro plano, fazendo tudo aquilo que eles dizem ou pedem. São mestres na arte da manipulação por meio de falsos encantos, são rasteiros e quando você ver já está toda iludida. Depois recebe facadas nas costas.

 

Deixe de Nutrir o Vamp Narcisista

 

Perder credibilidade com este tipo é uma ótima estratégia, tudo o que eles pedem não deve ser realizado, não faça, não dê explicações. Invente uma forma de sair fora de contato destas pessoas pra sempre, pois a lei dela é: Eu estou sempre certo.

 

Busque pessoas compatíveis com você!

 

Energia Dominador

 

O Vamp dominador, tem sede de está no controle de tudo constantemente; se sentir superior é seu objetivo, chegando a provocar e chamar atenção, isso significa: medo e insegurança interna para não perder o controle.

 

Eles roubam tua energia exatamente na hora em que você não esta de acordo com ele e então começa a discussão. Você fica todo magoado e eles ficam tranquilo como se nada estivesse acontecido ou gritam consigo mesmo para por a vitima mais pra baixo, se sentir culpada e sugar mais ainda. São do tipo geralmente, racistas, sexistas ou intolerantes.

 

Evitando a perda para a energia dominador

 

Fique tranquilo e fale baixo, coloque suas ideias ou visão sem discutir.

 

Não se importe se vai ficar magoado ou não, o afastamento é indispensável devido a teimosia deles de não quererem aprender e com isso precisam passar por várias encarnações para aprender conviver sem tentar humilhar os outros.

 

Sugador de Energia Vampiro Melodramático

 

Este vampiro faz drama em tudo, ele é um pouco parecido com o vampiro vítima, ele faz um problema simples parecer um “tsunami”, tudo para você dá importância e bancar o herói resolvendo o problema dele, dessa forma você é drenado.

Os vampiros melodramáticos também adoram criar crise onde não existe e contar as tragédias de sua vida, como se fosse algo maravilhoso. Então quando você entra na ideia do vampiro acaba baixando o seu padrão energético, perdendo assim, energia para o vampiro e suas companhias.

 

Neutralizando o Vampiro Melodramático

 

Não tome partido, não se meta, não permita ele compartilhar com você as catástrofes da vida dele, para não perder energia e atrair o mesmo drama.

 

Sugador de Energia Vampiro Inocente

 

Os sugadores de energia inocentes, bancam os coitados, indefesos de auto estima baixa que sempre estão precisando de ajuda, não toma atitude, fica sempre querendo que alguém faça algo para eles.

 

Como Parar de Nutrir o Vampiro Inocente

 

É muito simples, passe a bola de volta para eles. Fale que a força tem que partir dele. Não fique ouvindo ou tentando explicar, pois neste ponto é que ocorre a perca de energia para o vampiro inocente.

 

ConEQ mais detalhes

 

 

1- O ESPECULADOR- são pessoas que fazem perguntas para sondar o mundo da outra pessoa, com propósito de descobrir alguma coisa errada. Assim que fazem isto, criticam este aspecto da vida do outro e se esta estratégia der certo a pessoa criticada é vampirizada, passando dar atenção às críticas e cria-se um vínculo simbiótico e o criticado passa a transmitir energia para o sugador.

 

2- O COITADINHO- é uma pessoa que conta muitas coisas horríveis que aconteceu com ele e insinua que todos são responsáveis pela situação que se encontra, menos ele, é claro. Esta pessoa está tentando envolver você por um sentimento de pena e de forma passiva começa a sugar energia do outro. Normalmente este está bem perto de nós, dentro da família, ele sempre quer demonstrar que a outra pessoa não está fazendo o bastante para ajudá-lo e o outro se sente culpado só de estar perto dela.

 

3- O INTIMIDADOR – Geralmente são pessoas que chegam na vida do outro como se fosse o “salvador da pátria”, aquele que se importou pelo outro em um certo momento de fragilidade. Este tipo de sugador se mostra forte e começa a orientar o outro com atitudes de manipulação com objetivo de manter o outro preso a ele. Este é o mais comum e perigoso, pois geralmente são manipuladores conscientes. Na verdade ele precisa de energia de suas presas, então as manipula para que o outro tenha receio de se afastar. Este tipo de sugador chega ao extremo da ameaça de agressividade ou ameaça de abandono. O sugado passa a achar que sem o sugador, ele não vive. A pessoa sugada começa a dar importância a este tipo de padrão vibracional como uma simbiose e assim o sugador atinge seu objetivo, pois o agredido passa a transmitir energia pra ele através de mágoas, rancor, ódio, pois combater a ameaça ou agressão com agressão passamos a ser vampirizados, baixando assim nosso padrão energético saudável levando a estágios de depressão, síndrome do pânico, reclusão social até a casos de morte energética e física.

 

Luz de harmonia derramando sobre você!

Claudiana Plankenhorn

 

Escribir comentario

Comentarios: 0